Doutrina/Teologia

1 de julho de 2012
 

A Mensagem da Bíblia em 212 Palavras

Mais artigos de »
Escrito por: D. A. Carson
Tags:

Deus é um Deus soberano, transcendente e pessoal que criou o universo, incluindo nós, portadores de sua imagem. Nossa miséria reside em nossa rebelião, nossa alienação de Deus, a qual, a despeito de sua paciência, atrai sua ira implacável.

Mas Deus, precisamente porque amor é a própria essência do seu caráter, toma a iniciativa e prepara tudo para a vinda do seu Filho, levantando um povo que, por estipulações pactuais, adoração no templo, sistemas de sacrifício e sacerdócio, por reis e profetas, são ensinados sobre o que Deus está planejando e o que ele espera.

Na plenitude dos tempos seu Filho chega e toma a natureza humana. Ele não vem, em primeira instância, para jugar mas para salvar: ele morre a morte do seu povo, levanta-se da sepultura e, ao retornar para o seu Pai celestial, concede o Espírito Santo como penhor e garantia do dom supremo que ele assegurou para eles – uma eternidade de bem-aventurança na presença de Deus mesmo, num novo céu e nova terra, o lar de justiça.

A única alternativa é ser expulso da presença deste Deus para sempre, nos tormentos do inferno. O que homens e mulheres devem fazer, antes que seja tarde demais, é se arrepender e confiar em Cristo: a alternativa é desobedecer ao evangelho (Romanos 10.16; 2 Tessalonicenses 1.8; 1 Pedro 4.17).

 

Fonte: For Such a Time as This: Perspectives on Evangelicalism, Past, Present and Future, ed. Steve Brady and Harold Rowdon (London, UK: Evangelical Alliance, 1986), 80.

Tradução: Felipe Sabino de Araújo Neto – agosto/2012

 



Sobre o Autor

D. A. Carson
D. A. Carson
É professor e pesquisador de Novo Testamento na Trinity Evangelical Divinity School em Deerfield, Illinois, desde 1978. Foi reitor acadêmico do Northwest Baptist Theological College e lecionou em vários seminários nos EUA e Canadá. É bacharel em química pela Universidade McGill, mestre em divindade pelo Central Baptist Seminary e Ph.D em Novo Testamento pela Cambridge University.



 
 

 

O evangelho do Reino

Refutação do dispensacionalismo.
por Felipe Sabino
 

 
 

Ainda não é o fim!

Não poucos cristãos ficam alarmados diante das tragédias dos nossos dias. Quer estejamos falando de catástrofes naturais, como o tsunami, ou de decadência moral, como a legalização do “casamento” homossexual, tais ac...
por Felipe Sabino
 

 

 

O céu beijou a terra: a encarnação

O que é a encarnação? É o céu beijando a terra. Como disse o puritano Thomas Goodwin, quando o Filho tornou-se carne, “céu e terra se encontraram e se beijaram, a saber, Deus e o homem”.
por Mark Jones
 

 
 

Sobre o prazer de ler

Quem não me conhece acha que gosto de ler.
por Felipe Sabino
 

 
 

Leitura no céu?

25/09/2013 ─ Que vontade louca de ler todos os livros que estão na minha fila de espera! E comprar dezenas de outros, e devorá-los continuamente. Aqui estou, na página da Livraria Saraiva, com 23 livros no carrinho. Vou ca...
por Felipe Sabino