Diáconos, presbíteros e bispos

(1/4) > >>

Jean Felix:
Qual a diferença entre diáconos, presbíteros e bispos? Há uma hierarquia entre os dois primeiros, mas e entre os dois últimos?

A igreja católica reconhece a hierarquia diácono > presbítero (padre) > bispo e a igreja Assembléia de Deus também tem uma escala hierárquica (obreiro > diácono > presbítero > pastor [não sei se há bispos na Assembléia de Deus]). Isso está de acordo com a doutrina mostrada nas Escrituras?

Ednaldo:
Citação de: Jean Storm em Setembro 16, 2011, 08:30:12

Qual a diferença entre diáconos, presbíteros e bispos? Há uma hierarquia entre os dois primeiros, mas e entre os dois últimos?

A igreja católica reconhece a hierarquia diácono > presbítero (padre) > bispo e a igreja Assembléia de Deus também tem uma escala hierárquica (obreiro > diácono > presbítero > pastor [não sei se há bispos na Assembléia de Deus]). Isso está de acordo com a doutrina mostrada nas Escrituras?

A Escritura não faz distinção entre bispos, presbiteros e pastores. (At. 20.17,28)

Já o ofício diaconal, se difere dos primeiros por pegarem no pesado!! rsrsrs

Se Atos 6 se referir realmente a instituição do ofício diaconal, parece que estes administravam as finanças da igreja (servir as mesas, não é administrar os elementos da ceia), mas distribuir o necessário entre aqueles que necessitavam. Além de algumas atribuições que hoje cabem apenas aos pastores, e que alguns atribuem apenas aos apóstolos, pois atuavam como missionários, batizavam, operavam maravilhas.

Ednaldo:
Em tempo, nas AD a hierarquia é a seguinte:

Porteiro (hoje em algumas convenções, este trabalho é feito pelos "auxiliares de trabalho")

Auxiliar de Trabalho (antigo "obreiro")

Diácono (administram os elementos da ceia, e zelam da igreja, podem receber outras atribuições dependendo da capacidade, como por exemplo dirigir EBDs, dirigir "pontos de pregação", e na ausência de algum superior dirige os cultos)

Presbitero (geralmente diringem congregações nos bairros (no interior) nas capitais auxiliam os pastores das congregações na administração das mesmas)

Evangelista (é um quase pastor, divide as atribuições de presbítero, com algumas atribuições pastorais)

Pastor (dirige uma região, ou congregação nas capitais, na AD só existe um PASTOR, "o presidente", todos os demais são pastores "auxiliares", apesar de não serem tratados assim)

Jean Felix:
Citação de: Ednaldo em Setembro 16, 2011, 09:35:18

Em tempo, nas AD a hierarquia é a seguinte:

Porteiro (hoje em algumas convenções, este trabalho é feito pelos "auxiliares de trabalho")

Auxiliar de Trabalho (antigo "obreiro")

Diácono (administram os elementos da ceia, e zelam da igreja, podem receber outras atribuições dependendo da capacidade, como por exemplo dirigir EBDs, dirigir "pontos de pregação", e na ausência de algum superior dirige os cultos)

Presbitero (geralmente diringem congregações nos bairros (no interior) nas capitais auxiliam os pastores das congregações na administração das mesmas)

Evangelista (é um quase pastor, divide as atribuições de presbítero, com algumas atribuições pastorais)

Pastor (dirige uma região, ou congregação nas capitais, na AD só existe um PASTOR, "o presidente", todos os demais são pastores "auxiliares", apesar de não serem tratados assim)


Mas esse Pastor Presidente é tipo um "Arcebispo", não? Nas igrejas presbiterianas existe algo assim? Eu ouvi falar que os batistas não aceitam esse tipo de pastor sobre os outros pastores.

O que eu entendi pelo que você falou é que bispo = pastor = presbítero. A distinção da Assembléia de Deus se baseia em que?

Ednaldo:
Citação de: Jean Storm em Setembro 16, 2011, 10:17:12

Mas esse Pastor Presidente é tipo um "Arcebispo", não? Nas igrejas presbiterianas existe algo assim? Eu ouvi falar que os batistas não aceitam esse tipo de pastor sobre os outros pastores.

Em algumas convenções está mais para PAPA, afinal o cargo é vitalício!!

Nas presbiterianas, no contexto local existem os presbiteros governantes, presbiteros docentes (pastores), e o corpo diaconal; no contexto regional existem os sinodos; e no contexto nacional o supremo concilio. ( http://executivaipb.wordpress.com/funcionamento-do-supremo-concilio-e-sua-comissao-executiva/ )

Nas batistas a igreja local possui completa autonomia, tanto para eleger como para demitir seus pastores, mas sempre estão ligadas a uma convenção que define com maior ou menor precisão a linha teologica da igrea local, mas não possui nenhum poder decisório sobre esta, e os membros possuem participação ativa nas decisões locais.

Citar

O que eu entendi pelo que você falou é que bispo = pastor = presbítero. A distinção da Assembléia de Deus se baseia em que?


No caso da AD, em uma má interpretação da Escritura, muito embora muitos pastores/teólogos assembleianos reconheçam que essa distinção é inexistente nas Escrituras, a maioria se aproveita da ignorância biblica dos membros da Igreja, bem como da acomodação dos oficiais. Afinal se levantar contra o "ungido", é sinal de rebelião, e se alguém de baixa hierarquia se levantar, certamente vai cair.

Navegação

[0] Índice de mensagens

[#] Página seguinte