Lucas 9.27; Marcos 9.1; Mateus 16.28

(1/4) > >>

Raniere Menezes:
Lucas 9:27  Verdadeiramente, vos digo: alguns há dos que aqui se encontram que, de maneira nenhuma, passarão pela morte até que vejam o reino de Deus.

Como entender a afirmação de Jesus que algumas pessoas de sua época não morreriam antes que Ele voltasse?

Será que temos alguém daquela época vivo até hoje? ???

Neto:
Ou será que alguns, naquela época, foram arrebatados? Assim como Elias e Enoque?
Só pq não consta nas Escrituras, não quer dizer que não tenha acontecido!

Paulo diz em 1 Co 12.2,3,4 "Conheço um homem em Cristo que há catorze anos (se no corpo, não sei, se fora do corpo, não sei; Deus o sabe) foi arrebatado ao terceiro céu. E sei que o tal homem (se no corpo, se fora do corpo, não sei; Deus o sabe) Foi arrebatado ao paraíso; e ouviu palavras inefáveis, que ao homem não é lícito falar."

E aconteceu também com Felipe algo SIMILAR: (At 8.39,40)
"E, quando saíram da água, o Espírito do Senhor arrebatou a Filipe, e não o viu mais o eunuco; e, jubiloso, continuou o seu caminho. E Filipe se achou em Azoto e, indo passando, anunciava o evangelho em todas as cidades, até que chegou a Cesaréia."

Na época dos Apóstolos muitos sinais e maravilhas foram feitas. E se tornaram tão comuns, que em muitos trechos é dito apenas "sinais e maravilhas", ao invés de se descrever tudo.

O Espírito Santo havia sido derramado e muitos prodigios aconteciam, e facilmente.

Será que poderia ter acontecido arrebatamentos como o de Enoque naqueles dias? ? ? ?
Eu não acho difícil!!!

Ednaldo:
Neto a pergunta do Raniere é capciosa. (é com S ou com C?)  O meu dicionário é furreca. Ainda estou a espera do Houaiss ;D

Veja o que ele diz:
Citação de: Raniere Menezes em Fevereiro 03, 2009, 10:26:42


Será que temos alguém daquela época vivo até hoje? ???



Claramente a resposta não pode ser o teu ponto vista (não fique bravo comigo), não tem ligação com o arrebatamento de Paulo ou de Filipe.

Mas penso que um pouco de PRETERISMO explica bem o que Jesus estava afirmando.

Primeiro o que seria essa vinda do Reino com Poder (Mc 9:1)?

Seria a ressurreição?
Seria o pentecoste?
Seria a queda de Jerusalém?
Ou ainda a parousia?

Depois da ressurreição Cristo diz "todo o poder me foi dado nos céus e na terra" (Mt 28:18), também em Ap. 5:9 o cântico de glorificação diz "pois com teu sangue compraste para Deus, homens de toda tribo, e lingua, e povo, e nação. E para Deus os fizeste reis/reino e sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra."

Também no pentecoste, houve um revestimento de poder da parte de Deus, através da descida do Espírito sobre a igreja. Mesmo sabendo que o termo igreja seja aplicado ao povo de Deus no AT, vemos que a Igreja de Cristo como tal foi inaugurada no pentecoste.

Se pensamos como preteristas equilibrados, podemos atribuir a vinda do Reino, a destruição de Jerusalém em 70 aD, quando Cristo volta em juízo sobre aquela geração.

Porém, há algo mais aqui, quando comparamos o que Cristo diz nas passagens citadas pelo Raniere, com o final do evangelho segundo João, "Vendo Pedro a este [o discípulo amado, i.e., João], disse a Jesus: Senhor, e deste que será? Disse-lhe Jesus: Se eu quero que ele fique até que eu venha, que te importa a ti? segue-me tu." (João 21:21-22)

Claramente notamos que Cristo se referiu àqueles que com ele estavam na ocasião, que não veriam a morte até que vissem o reino de Deus com poder. Portanto Jesus não pode estar se referindo a parousia no fim dos séculos, mas a uma epifania contemporânea dos apóstolos.

Também por dizer que alguns não veriam a morte, pode estar excluindo Judas o traidor, que cometeu suicídio não vendo sequer a ressurreição. Se for isso já está dado o sentido.

Se o momento do discurso foi anterior ao momento de João 6:60, quando muitos dos que andavam com Jesus o abandonaram, não chegando sequer a participar do pentecoste, também está encerrado o assunto.

Mas e se Jesus estava se referindo a destruição de Jerusalém? Bem nessa época apenas João, dos Apóstolos, estava vivo na época, dos demais discípulos não temos notícia, então também esta fechada a questão.

Ainda que Jesus, esteja se referindo a VER a parousia, a Bíblia também tem resposta, pois João VIU e registrou o que viu no livro do APOCALIPSE.

Seja o que for, necessito de mais estudo sobre isso, o assunto é explicado pela própria Bíblia, e Jesus não estava se referindo a que alguém daquela época estaria vivo ainda hoje, se bem que para Deus isso não seria impossível.

Raniere Menezes:
Ednaldo tá esperto! ;D ;) Não passa nem uma vírgula! ;D ;)

Esta passagem só se explica 100% biblicamente pela ótica preterista!

Jesus disse: "Não passará esta geração sem que tudo isto aconteça..." (os amilenistas e os dispensacionalistas erram feio nesta interpretação): "esta geração".

Jesus errou de calculo? Ele achava que voltava ainda no primeiro século e não voltou? ???

Os discipulos estavam perguntando a Jesus sobre o estabelecimento do Reino.

Não passará esta geração sem que tudo isto aconteça. O que significa a frase: "tudo isso" ?

Só uma resposta bíblica e não fantasiosa: a destruição do templo e de Jerusalém.

No ano 70 d.C. quando aconteceu a queda de Jerusalém muitos dos seus discipulos AINDA ESTAVAM VIVOS!

É tão simples a resposta que dá vontade de gritar pra todo mundo ouvir! :D ;)

Ednaldo:
 ;D Na verdade faltaram algumas virgulas, por isso tive que reeditar.  ;D

Navegação

[0] Índice de mensagens

[#] Página seguinte