Pular para o conteúdo

Faith, Hope, Love: The Christ por Mark Jones (Resenha do Prof. Ryan M. McGraw.)

Este livro será lançado pela editora Monergismo em 2018!

Muitos cristãos reconhecem que fé, esperança e amor são importantes. É difícil ler o Novo Testamento sem percebê-los. Todavia, poucos hoje relacionam a fé, a esperança e o amor como nossos pais o fizeram na igreja antiga e medieval. O fato de que elas andavam juntas na mente de Paulo deveria ser o suficiente para nos alertar para o fato de que estamos perdendo algo vital.

Mark Jones busca reviver as chamadas “virtudes teologais” da fé, esperança e amor numa obra que estimula a mente e aquece o coração. Os escritos de Jones são marcados pelo equilíbrio teológico, pelo conteúdo que exalta a Cristo e pelo fervor devocional. Este livro não é uma exceção e os leitores de todos os estágios da maturidade cristã irão gostar e tirar proveito dele.

O livro trata da fé, esperança e amor de forma catequética. Seguindo a tradição catequética da igreja cristã, cada capítulo expõe uma questão relacionada ao assunto. O fim do livro inclui uma lista de todas as cinquenta e sete questões, compondo um catecismo completo sobre a fé, a esperança e o amor. Os temas que unificam o livro são a preeminência de Cristo da teologia e vida cristã, bem como a comunhão com o Deus trino. Ele aborda uma série enorme de questões como: os hábitos e atos da fé salvífica; a relevância da esperança para a perseguição e o sofrimento; e Cristo incorporando em sua vida os Dez Mandamentos como a regra do amor. O livro de Jones está cheio de reflexão profunda e cuidadosa na Escritura, dirigindo-se a seus leitores sempre com sabedoria e sensibilidade pastoral. 

Muitos pontos do livro se destacam. Essa lista inclui a descrição detalhada de como Adão quebrou todos os Dez Mandamentos na sua Queda em pecado (p. 163-165) e o paralelo reverso glorioso na vida de Cristo na medida em que ele amou e guardou todos eles (p. 168-170). Jones leva seus leitores a meditarem na majestade de Cristo ao guardar a lei pelo seu povo de uma forma que vá além de epítetos teológicos superficiais. Esse é precisamente o tipo de pensamento que a igreja precisa tão desesperadamente em cada geração. Ele se dirige com ternura tanto a pais quanto a filhos em seus deveres para com Deus em união com Cristo pelo Espírito. Ele também mantém a importante distinção conceitual entre fé e amor (p. 175), vendo a fé como o princípio do amor sem confundir fé e fidelidade. Ele também não se abstém de questões difíceis que os cristãos encaram nos dias de hoje, especialmente na área de pecados sexuais predominantes que muito temem abordar.

Esses pontos, e muitos outros, lembram-nos por que Jones sempre vale a pena ser lido. Ele aborda de forma concisa as questões chave de fé e vida cristã de uma forma positiva e encorajadora. Fé, Esperança e Amor é convincente e edificante. Ele nos conecta com a piedade da igreja de todas eras sob a ótica da teologia reformada. Mais importante, ele nos leva de volta as três virtudes bíblicas chave que existem integradas e aparecem de forma integrada na Bíblia. Ler este livro vai te mostrar por que essas virtudes foram tão importantes para o apóstolo Paulo e por que os crentes devem valorizar elas hoje.

Traduzido por: Guilherme Cordeiro

%d blogueiros gostam disto: