Igreja

7 Maneiras de Envolver as Pequenas Mentes com as Grandes Verdades por Melanie Lacy

By 20 de julho de 2018 No Comments

Não é muito difícil ensinar teologia para crianças pequenas?

Se há uma pergunta que eu faço freqüentemente, é esta. Os professores, com razão, adoram contar às crianças histórias bíblicas, mas quando se trata de ensinar teologia, as coisas ficam um pouco tensas. Sem dúvida, ensinar grandes verdades teológicas requer algum trabalho duro, mas isso pode ser feito de uma forma maravilhosa.

Aqui estão sete maneiras de fazer com que as grandes verdades ganhem vida para os nossos preciosos pequeninos.

1. Ore

A Escritura repetidamente destaca que as crianças têm a capacidade de compreender verdades espirituais que alguns podem (erroneamente) presumir estarem além de suas capacidades cognitivas (Deut. 6:6–7; Mat. 18:3–5). Nunca devemos nos surpreender quando as crianças demonstram compreensão, pois Deus está operando através de seu Espírito ao ensinarmos sua Palavra, e Ele pode iluminar suas mentes. Assim, quando ensinamos grandes verdades, devemos fazê-lo em espírito de oração, nomeando as crianças e pedindo a Deus que lhes conceda a capacidade de compreender. Devemos também orar por nós mesmos, para que Deus nos dê habilidades para ensinar clara e eficazmente.

2. Torne isso concreto

As crianças acham conceitos abstratos difíceis de entender – e as grandes verdades teológicas são geralmente conceitos abstratos! Alguns evitam ensinar teologia para crianças, porque acreditam que as crianças não têm a capacidade intelectual necessária. Mas, em vez de nos atermos às histórias seguras da escola dominical, devemos nos esforçar para transferir ideias teológicas abstratas em exemplos concretos, tangíveis e precisos. É preciso determinação, mas isso pode ser feito com um pouco de imaginação.

3. Comprometa-se a trabalhar duro em ilustrações

Toda verdade teológica ensinada às crianças deve ser bem ilustrada. Boas ilustrações ajudam as crianças a entender como uma grande verdade faz sentido em seus pequenos mundos. Histórias, testemunhos, músicas, atividades, esportes, aulas de objetos, filmes e até mesmo jogos de computador podem ser usados ​​para ilustrar a importância funcional de toda verdade teológica. Lamentavelmente, somos frequentemente ilustradores preguiçosos, produzindo ilustrações previsíveis ou desatualizadas. Para ilustrar bem, devemos conhecer as crianças de nossos grupos, seus interesses e hobbies, suas famílias e amigos, seus gostos e desgostos. Uma boa ilustração faz toda a diferença ao ensinar teologia às crianças.

4. Traga sua criatividade

A teologia pode ter uma reputação de ser um pouco monótona – mas isso não tem nada a ver com a teologia e tudo a ver com o professor.

A comunicação de grandes verdades às crianças pequenas deve ser feita de maneira criativa e dinâmica. As crianças gostam de aprender usando métodos multissensoriais: fazendo, vendo e ouvindo. Uma boa lição permitirá que as crianças engajem a verdade teológica através de uma variedade de meios, com cada atividade criativa capacitando-as a compreender um pouco mais o conceito principal.

5. Mantenha real

Precisamos ajudar as crianças a entender como cada verdade teológica se aplica a suas vidas cotidianas. Como as crianças não têm maturidade e discernimento, muitas vezes não conseguem estabelecer as conexões entre teologia e situações da vida real. Precisamos aplicar a verdade de uma maneira que ilumine suas mentes e emocione seus corações. Nossa instrução deve sempre incluir uma aplicação que seja adequada à idade e claramente apreensível. Através da aplicação, podemos mover a compreensão teológica de mentes pequenas para pequenos corações.

6. Diga Uma Vez, Diga Duas Vezes e Diga Novamente

As crianças, bem como os adultos, nunca compreenderão as profundezas e a riqueza das verdades teológicas através de um encontro. Para que a teologia modele seus corações e mentes, elas precisam se envolver com as verdades repetidamente. Não devemos presumir que uma lição por conceito será suficiente. Em vez disso, precisamos ensaiar verdades doutrinárias familiares, estabelecer conexões entre essas verdades e mergulhar profundamente em suas implicações. Precisamos incutir a mentalidade de “aprender ao longo da vida” em nossos filhos, ajudando-os a aproveitar as oportunidades de lembrar as coisas que aprenderam e se alegrar quando uma verdade teológica se torna mais clara do que antes.

7. Seja Apaixonado Pelas Verdades que Você Está Ensinando

As crianças são mais influenciadas pela atitude daqueles que as instruem. Eles aprendem através da observação e observam os adultos que pretendem ensinar-lhes gloriosas verdades sobre Deus. Devemos demonstrar às crianças o quanto essas lindas verdades significam para nós – como elas moldam nossas vidas e nos ajudam a permanecer firmes. Eles devem reconhecer que, ao enfrentá-los e compreendê-los, eles nos fazem amar mais nosso Pai celestial e precioso Salvador. O ensino apático e insincero será óbvio para as crianças; eles podem ver um falso a um quilometro de distância. Então, enquanto nos preparamos para ensinar as crianças, devemos nos assegurar de que nos deliciamos com as verdades teológicas. Que a combinação de nossa comunicação apaixonada e a obra do Espírito cativem as crianças em nossos cuidados para a glória de Deus e a edificação de Seu reino.

Nota do editor:
Agora disponível: O Currículo de Catecismo da Nova Cidade, 52 lições projetadas para ajudar crianças de 8 a 11 anos a aprender as doutrinas centrais da fé cristã em um ambiente de escola dominical, sala de aula ou educação escolar domiciliar. A tradução para o português está disponível online aqui.

Melanie Lacy é diretora executiva do Growing Young Disciples e diretora de teologia para treinamento de crianças e jovens no Oak Hill College, em Londres. Ela era a escritora principal do Currículo de Catecismo da Nova Cidade.

Traduzido por Felipe Barnabé

Fonte: 7 Ways to Engage Little Minds with Big Truth

SEO: Melanie Lacy oferece sete maneiras práticas de envolver as crianças e ajudá-las a entender e aprender as verdades teológicas desde cedo.