Reforma

Por que Jesus é tão inflexível?

By 2 de setembro de 2019 No Comments

Na Bíblia lemos Jesus repetidas vezes explicando que é ele o meio exclusivo de se obter perdão. Jesus não dá espaço para qualquer outro caminho para Deus: a vida, o perdão, o amor, a alegria e o céu só são encontrados nele. Segundo Jesus, qualquer outro ‘caminho’ não é um caminho, absolutamente, mas sim um blefe; Jesus reivindica nada menos do que exclusiva autoridade e competência para salvar os pecadores (Jo 14.6; Mt 7.13-14).

 

Por que então Jesus é tão inflexível?

 

porque… há um único Deus

 

A Bíblia ensina que não existem muitos deuses, mas sim somente um. Desse único Deus foi criado tudo o que está criado. Esse mesmo Deus sustenta agora todas as coisas com seu próprio poder e soberania. As pessoas podem afirmar que há outros deuses, entretanto, Deus responde dizendo que isso não é verdade. Deus não tolera competidores (Is 44.6-8).

 

porque… os padrões de Deus são altos

 

Deus criou todas as coisas para si mesmo, para que lhe dessem prazer. O padrão dele é inflexível. Ele exige perfeição absoluta. A maneira pela qual essa se manifesta é amando a ele com todo o nosso coração, alma, intelecto e poder. Essa se manifesta por meio de devoção e obediência apaixonadas para com Deus. Mesmo o menor desvio em relação ao desígnio de Deus é rebelião, e Deus considera a rebelião tão grave quanto a traição. O resultado da rebelião é a morte, que se expressa agora não apenas na morte física, mas também em doença, em inaptidão para merecer o favor dele e, por fim, em termos de condenação eterna. Onde falta o amor perfeito por Deus, o julgamento divino certo e implacável se faz presente (Mt 22.36-40; Rm 6.23; Cl 1.16; Tg 2.10).

 

porque… se trata da Verdade

 

O próprio Jesus, sendo Deus, é perfeito e não pode mentir. Assim sendo, devemos lembrar que, se Jesus disse isso, então é verdade! Jesus se fez homem para viver aqui na terra. Em sua vida ele demonstrou amor perfeito e sem pecado por sua obediência a Deus. Jesus é o único substituto para os rebeldes. Nossa responsabilidade enquanto seres humanos é agradar a Deus segundo os padrões desse — algo que não fizemos, mas que Jesus fez. Além disso, Jesus também satisfez a inflexível justiça divina suportando na cruz o eterno julgamento de Deus. Jesus se distingue como o único qualificado a viver em perfeição e a devidamente pagar por rebeldes que estão na justa mira de Deus (2Co 5.21; Tt 1.2; Hb 1.3).

 

A inflexível MENSAGEM de JESUS para todos

 

Deus se satisfez com a obra de Jesus, dando prova disso ressuscitando-o dos mortos. Agora Jesus ordena a seus seguidores que contem a todo mundo a gloriosa verdade de que ele é o único Salvador; o único capaz de dar aos rebeldes o perdão, a vida, a alegria e o céu. Tal perdão não é automático como votar aos dezoito anos; ao contrário, ele vem ao reconhecer Jesus como rei e soberano sobre as nossas vidas. Ao fazer isso nós nos convertemos da rebelião (pecado) e nos convertemos a Jesus (submissão). É tal postura de submissão a Jesus como rei, seguindo-o como Senhor, que caracteriza a vida cristã e dá prazer a Deus.

Embora não haja espaço para outros salvadores no caminho estreito de Jesus, há espaço para todos os que quiserem vir a ele para obterem vida. A verdade contada por Jesus revela então que ele não somente é o Salvador exclusivo, mas também o Salvador amoroso! (Jo 14.6; At 17.30-31; 1Tm 2.5; Jo 3.16-18).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tradução: Vanderson Moura da Silva