Teologia

Nós vivemos em uma sociedade pós-cristã? Por Russell Moore

By 11 de julho de 2018 No Comments

O que significa ser cristão?

[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=5Cwdu3WytjU[/embedyt]

Eu não acredito que nós estejamos vivendo em uma sociedade pós-cristã, se você define ‘ser cristão’ da maneira que o Novo Testamento. Quando as pessoas me perguntam sobre isso,  eu geralmente digo que estamos vivendo, na melhor das hipóteses, em uma sociedade pré-cristã. Eu não acho que exista uma era de ouro no passado onde já houve uma sociedade cristã nostálgica.

Alguém me disse uma vez, “Nós precisamos voltar para onde estávamos antes dessa cultura se desfazer”. E eu disse: “Você nem sequer se lembra de quando essa cultura se desfez, porque isso aconteceu em algum lugar entre os rios Tigres e Eufrates em Gêneses 3.” Toda geração desde então manifestou queda e quebrantamento – apenas de maneiras diferentes. Há diferentes desafios em cada geração, mas eles sempre estão lá.

Eu não diria que nós somos uma sociedade pós-cristã, mas uma sociedade aspirante a pós-cristã. Houve uma era anterior, quando as pessoas tinham um certo entendimento básico das verdades bíblicas e uma conexão com a igreja. Isso trouxe certo benefício, porque, em muitos casos, havia um tipo de entendimento estável sobre moralidade. Mas, isso também trouxe muitas desvantagens porque um cristianismo nominal não salva.

Usualmente, o que um cristianismo nominal faz é a pior hipótese possível: deixa as pessoas perdidas mas convence de que elas estão reconciliadas com Deus. Eu acho que estamos indo além desse tipo de cristianismo. Isso vai significar uma falta de coesão no país e em algumas comunidades.

Também significa que temos uma oportunidade de pregar o Evangelho no mesmo tipo de sociedade onde o Evangelho primeiro emergiu, que não era uma sociedade cristã nebulosa e feliz. Foi um império romano politeísta muito decadente. E o Evangelho foi capaz de falar, se firmar e salvar. Acredito que o mesmo seja verdade agora.

Russell D. Moore

Russell Moore (PhD – Seminário Teológico Batista do Sul) é o oitavo presidente da Comissão de Ética e Liberdade Religiosa da Convenção Batista do Sul, a agência moral e de políticas públicas da maior denominação protestante dos EUA. Um comentarista amplamente procurado, o Dr. Moore foi chamado de “vigoroso, alegre e ferozmente articulado” pelo Wall Street Journal. Ele é autor de vários livros, incluindo Onward (Avante), The Kingdom of Christ (O Reino de Cristo),  Adopted for Life (Adoção), e Tempted and Tried (Tentado e Provado), e ele escreve regularmente no RussellMoore.com e tweets no @drmoore. Ele e sua esposa, Maria, têm cinco filhos.

Fonte: https://www.crossway.org/articles/do-we-live-in-a-post-christian-society/

Foto: Adi Constantin