escrito por Kenneth Gentry

De tempos em tempos, recebo uma pergunta sobre a diferença entre preterismo e pós-milenismo. Algumas pessoas estão confusas quanto a se contradizerem ou se estão falando da mesma coisa. Permitam-me distinguir brevemente os dois conceitos teológicos.

Preterismo

A palavra “preterista” é a transliteração de uma palavra latina que significa “passou por”. O preterista ortodoxo vê certas passagens como se referindo à destruição de Jerusalém e do templo no ano 70 d.C., embora muitos evangélicos entendam que estas estão falando da segunda vinda de Cristo no final da história.

A segunda vinda e o julgamento de Cristo em Jerusalém no ano 70 d.C. são frequentemente mencionados com linguagem semelhante. Isso ocorre porque esses são conceitos teologicamente relacionados. O holocausto de 70 d.C. é uma imagem microcósmica do último dia da história em que Cristo retorna em julgamento. Ou seja, o ano 70 d.C. é um quadro pequeno, histórico ou amostra avançada de como será o julgamento final.

O preterismo não tem necessariamente a ver com o pós-milenismo. Existem pós-milenistas preteristas e pós-milenistas historicistas. Ambas são verdadeiras formas de pós-milenismo. Também existem amilenistas preteristas. Assim, o preterismo não se compromete com nenhum sistema escatológico específico.

O preterismo é mais uma ferramenta hermenêutica do que uma teologia. Ou seja, nos ajuda a entender certas passagens sem nos comprometer com nenhuma escatologia específica.

Pós-milenismo

O pós-milenismo é uma posição teológica sobre “as últimas coisas” que devem ocorrer no final da história, uma escola escatológica de pensamento. O pós-milenismo é um sistema escatológico otimista que acredita que o reino de Cristo está atualmente presente na história e gradualmente conquistará um influente domínio sobre homens e nações, à medida que o evangelho progride mais plenamente no mundo.

O pós-milenismo mantém uma única vinda final de Cristo (sem arrebatamento separado), uma ressurreição geral dos salvos e perdidos simultaneamente e um julgamento geral dos salvos e perdidos em um único cenário.

Assim, o pós-milenismo procura a crescente influência do evangelho na história antes que o fim chegue. Após um longo período de domínio, Cristo retornará para ressuscitar e julgar todos os homens e terminar a história, enquanto estabelece a ordem eterna e consumada.

Conclusão
Portanto, preterismo e pós-milenismo são conceitos completamente diferentes. O preterismo é basicamente uma hermenêutica, enquanto o pós-milenismo é um sistema teológico. Eles podem ocorrer simultaneamente na visão de mundo de alguém ou podem ser encontrados em diferentes sistemas de pensamento.

Sobre o autor: Kenneth L. Gentry, Jr., Th.D., é pastor presbiteriano aposentado (OPC), escritor teológico e palestrante.
Tradução: Alan Kleber Rocha
Fonte: https://postmillennialworldview.com