Teologia Reformada

18 de maio de 2012
 

Deus será Deus no céu?

Mais artigos de »
Escrito por: Vincent Cheung
Tags:,
marca_dagua_banners2

O fato que você pode perguntar se Deus ainda nos controlará quando chegarmos ao céu me diz que você ainda não compreendeu completamente a base para a soberania de Deus, e que o seu pensamento ainda é antropocêntrico.

Deus é soberano, não por causa de quem você é ou onde você está, mas por causa de quem e o que ele é. Ele controla todas as coisas porque isso é o que significa ser Deus. Sua soberania é primeiro uma questão ontológica e metafísica, e não uma questão soteriológica. Ela não tem nada a ver com onde estamos ou com nosso estado e condição. Nunca nos tornaremos autônomos e independentes de Deus. Sua soberania não é um jogo, onde decidimos arbitrariamente seguir uma série de regras por um tempo, e então, quando deixamos de jogar, seguimos outra série de regras. Ele controla todas as coisas porque ele é Deus.

Tenha cuidado quando fizer uma pergunta como essa, para que você não blasfeme, pois sua pergunta equivale a “Deus ainda será Deus quando eu estiver no céu, ou terei independência de Deus e me tornarei como o próprio Jeová em sua liberdade?”. Todavia, eu não culpo você totalmente, pois os teólogos calvinistas e reformados têm treinado as pessoas para que pensem a partir de ponto de vista estreito (soteriológico), mesmo quando o assunto pertence a uma questão mais ampla (ontológica e metafísica). Se você lhes fizer uma pergunta metafísica, eles vão te dar uma resposta soteriológica. Isso tem resultado em muito absurdo, e por vezes blasfêmia. Para um exemplo, veja meu artigo “E a rebimboca da parafuseta?”. Quanto a você, sempre pense em Deus com o maior temor e reverência. Não blasfeme, nem mesmo indiretamente ou por implicação.

 

Tradução: Felipe Sabino de Araújo Neto – maio/2012.

Fonte: www.vincentcheung.com



Sobre o Autor

Vincent Cheung
Vincent Cheung é autor de trinta livros e centenas de palestras sobre uma gama de assuntos em teologia, filosofia, apologética e espiritualidade. Através dos seus livros e palestras, ele está treinando cristãos para entender, proclamar, defender e praticar a cosmivisão bíblica como um sistema de pensamento abrangente e coerente, revelado por Deus na Escritura. Vincent Cheung reside em Boston com sua esposa Denise.



 
 

 
marca_dagua_banners2

Política e púlpito: o que Deus requer?

Lançamento da Editora Monergismo.
por Felipe Sabino
 

 
 
marca_dagua_banners

Bavinck em kindle.

O teólogo holandês Herman Bavinck (1854-1921) foi um dos maiores teólogos reformados dos últimos séculos. A Editora Monergismo acaba de lançar uma das suas mais importantes obras, ao lado da sua dogmática: A filosofia ...
por Felipe Sabino
 

 
 
marca_dagua_banners

Introdução à filosofia e apologética cristãs

Está disponível para kindle uma das melhores introduções à filosofia e apologética cristãs. O autor é um dos mais fiéis seguidores do pressuposicionalismo clarkiano: Carl F. H. Henry. Compre agora:  
por Felipe Sabino
 

 

 
marca_dagua_banners_la

Um Grupo de Pandas

~ 1 ~ Sou cristão, filósofo/logicista novato e cientista em biologia molecular. Estou lendo seus livros Questões Últimas e Confrontações Pressuposicionais. Neste último, você afirma o seguinte sobre a confiabilidade ...
por Vincent Cheung
 

 
 
logo-r1

O pequeno segredo sujo dos endossos

Umas duas semanas atrás Carl Trueman postou uma resenha de um novo livro do G. R. Evans. Trueman tinha lido The Roots of the Reformation: Tradition, Emergence and Rupture na esperança de que poderia usá-lo como texto para su...
por Tim Challies
 

 
 
logo-r1

Cristo cumpriu os dez mandamentos

Adão quebrou os dez mandamentos no Éden. Mas Cristo guardou os dez mandamentos no “deserto”, sob circunstâncias muito mais intensas do que aquelas às quais Adão foi submetido. Guardou o primeiro mandamento. Ele trouxe ...
por Mark Jones