Ministério da Igreja

28 de janeiro de 2013
 

Fé e arrependimento antes do batismo?

Mais artigos de »
Escrito por: Michael Kimmitt
Tags:, , ,

Objeção: A Escritura requer fé e arrependimento antes do batismo

O argumento é, sem dúvida, o seguinte: como os infantes são incapazes de exercer tanto fé como arrependimento, eles não são sujeitos apropriados do batismo. Mas entendamos um pouco mais o argumento e vejamos que se trata de um sofisma. O que está na verdade implícito é o seguinte:

A Escritura requer fé e arrependimento de adultos para o batismo; mas como os infantes não podem exercer nenhum dos dois, eles não podem ser batizados. A falácia reside no fato que a premissa é sobre adultos, mas a conclusão é sobre infantes.

Isso ficará ainda mais claro analisando uma passagem da Escritura: “Quem crer e for batizado será salvo; quem, porém, não crer será condenado” (Mt 16.16). Dessa forma temos o seguinte: a Escritura requer fé e batismo de adultos para que sejam salvos; mas como os infantes não podem exercer essas coisas, eles serão condenados.

Novamente: “Se alguém não quer trabalhar, também não coma” (2Ts 3.10). Dessa forma temos o seguinte: a Escritura requer que os adultos trabalhem para que possam comer; mas como os infantes não podem trabalhar, eles não podem comer!

O sofisma, um argumento capcioso mas falacioso, sem dúvida ficou claro agora. Não cremos que todos os infantes estão condenados, nem cremos que eles não devam comer. O equívoco deriva-se simplesmente de aplicar aos infantes o que foi destinado aos adultos ― e claramente então esse argumento sobre o batismo cai por terra também.

 

Fonte: Michael Kimmitt, Baptism: Meaning, Mode and Subjects, p. 44-45.

Tradução: Felipe Sabino de Araújo Neto ― janeiro/2012.



Sobre o Autor

Michael Kimmitt




 
 

 

Aos pais pedobatistas

O batismo infantil inflige o temor de Deus em mim. Ele realmente estabelece — de uma forma pública e visível — um relacionamento pactual. Um relacionamento de amor, envolvendo promessas e responsabilidades, bênçãos e m...
por Mark Jones
 

 
 

A religião mais restritiva no mundo

A religião cristã é ao mesmo tempo a mais abrangente e a mais restritiva no mundo. É uma fé que admite todo tipo possível de pessoa. Mas as admite em apenas um caminho. Há somente um Deus. Somente um. Se houvessem dois d...
por Tim Challies
 

 
 

Um apelo aos presbíteros

Fui lembrado pelos eventos de ontem[1] o quanto dependo dos meus presbíteros. A tarefa do presbítero é pastorear o pastor. Se eles não fizerem isso, ninguém mais o fará. Isso significa que haverá tempos quando o presbít...
por Carl Trueman
 

 

 

Dia do Senhor

Sermão do Rev. Augustus Nicodemus sobre o Dia do Senhor. [Download]
por Augustus Nicodemus Lopes
 

 
 

Fé para Operar Milagres

Durante o último século, dois erros cardeais foram cometidos a respeito de muita coisa contida nos Evangelhos – erros que têm prevalecido muito entre cristãos professos e que têm produzido grande destruição. Cada um de...
por Arthur W. Pink
 

 
 

As Responsabilidades do Presbítero

Em textos como Atos 20.28, 1 Pedro 5.1-3 e Hebreus 13.17, fica claro que os presbíteros são (a) pastores do rebanho de Deus. Eles devem cuidar, guiar e alimentar o povo de Deus com a verdade de sua Palavra, assim como bons pa...
por G. I. Williamson