Pular para o conteúdo

Brian Godawa

James Sire, R.I.P.

Foi há muitos anos, numa cidade distante,1 que pela primeira vez alguém me recomendou O universo ao lado. O título estranho, somado à teologia duvidosa de quem o elogiava, deixou-me no mínimo com dois pés atrás. Bastaram algumas páginas para que eu me tornasse aquele que eventualmente causaria estranhamento em conhecidos e desconhecidos. Jamais sonharia naquele tempo que, em sua providência, Deus me agraciaria com uma Editora e com a oportunidade de publicar, digamos, este… Continue a ler »James Sire, R.I.P.

O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa

Classificação do filme: Fantasia Mitológica Uma adaptação fenomenal do clássico de C. S. Lewis! De fato, diria que este é um dos poucos filmes melhores que o livro. Não fiquei impressionado com o livro, mas chorei durante todo o filme por causa de sua magia profunda, isto é, sua encarnação mitológica. Lúcia é adorável . Uma de minhas cenas favoritas é quando ela sorri por causa de seus irmãos incrédulos, abismados, em Nárnia pela primeira… Continue a ler »O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa

Thor (filme)

O herói dos quadrinhos dá origem a uma história. Este filme é muito melhor do que eu esperava. Provavelmente porque o diretor, Kenneth Branagh, trouxe a ele uma qualidade sutilmente shakespeariana que era apropriada para essa história sobre o deus nórdico do trovão. Bem, na verdade, trata-se de uma desmitologização da mitologia nórdica. Ou seja, é uma daquelas histórias que explica a religião como uma má interpretação ignorante da ciência alienígena. Neste caso, Thor é… Continue a ler »Thor (filme)