Pular para o conteúdo

Gordon H. Clark

Mudanças na Confissão?

    Visto que ninguém alega que a Confissão de Westminster é inerrante, ela está teoricamente sujeita a melhoria. Mas assumindo que o objetivo da reformulação inclua a preservação de todo o pensamento inalterado, e que não se trata de uma dissimulação para rebaixar os padrões, alguém deve ainda fazer duas perguntas: a geração atual é capaz de melhorar o credo? E, se sim, valeria a pena a energia? Uma resposta à segunda pergunta seria… Continue a ler »Mudanças na Confissão?

A Ética Calvinista

A ética calvinista é baseada na revelação. A distinção entre certo e errado não se resolve por meio de uma descoberta empírica da lei natural, como foi o caso de Aristóteles e de Tomás de Aquino, nem pelo formalismo lógico de Kant e, certamente, nem pelo cálculo impossível do utilitarismo do maior bem para maior número, mas pela revelação de Deus nos Dez Mandamentos. Essa revelação vem, primeiro, do ato de Deus de criar o… Continue a ler »A Ética Calvinista

Sabelianismo

[dropcap]A[/dropcap] falha judaica em ver mais que uma Pessoa como Deus adentrou as igrejas cristãs – com esta tão importante diferença: Eles tinham algo a dizer sobre Cristo. As visões possíveis sãos essas: há três deuses independentes; há apenas um Deus que aparece e opera em três modos; há apenas uma Pessoa que é Deus e Cristo foi sua primeira criação; e finalmente há uma Divindade existindo em três Pessoas. Este tratado gastará algumas páginas… Continue a ler »Sabelianismo

Traducianismo

As várias doutrinas teológicas são tão entrelaçadas que às vezes é difícil saber em que ordem discuti-las. Como um professor certa vez disse de uma obra sobre filosofia (e sem dúvida de todas as obras sobre filosofia, assim como de teologia), uma pessoa não pode entender o primeiro capítulo até que ela tenha entendido o último. O teólogo do século dezenove, W. G. T. Shedd, preparou para os assuntos que acabamos de discutir em nossas… Continue a ler »Traducianismo

O Meu Racionalismo

Eu não objeto à palavra racionalismo, embora talvez o termo racionalidade poderia causar menos mau-entendidos. Descartes, Espinosa, e Leibniz produziram uma teoria epistemológica que poderia muito bem ser chamada Racionalismo do século XVII.

A Imagem e Semelhança de Deus

Para descrever a natureza da imagem alguém pode imediatamente afirmar o princípio de que qualquer interpretação que identifique a imagem com algumas características não encontradas em Deus deve ser incorreta. Por exemplo, a imagem não pode ser o corpo do homem. Se alguém diz que a posição ereta do corpo humano, em contraste com os animais quadrúpedes e os répteis, é a imagem, a resposta não é meramente que os pássaros têm duas pernas, mas antes que Gênesis não faz nenhuma… Continue a ler »A Imagem e Semelhança de Deus

A Análise da Personalidade

Para definir fé, alguma análise da personalidade é necessária. Não importa o que digamos que seja fé, as distinções entre atividades conscientes são pressupostas. De acordo com uma opinião muito comum, a consciência consiste dessas partes: intelecto, volição e emoção. A fé pode ser colocada entre um deles, ou pode ser descrita como uma combinação de dois ou até mesmo de todos os três. De qualquer forma, é requerido algum esquema analítico. Agora, uma das… Continue a ler »A Análise da Personalidade

A Imagem e Semelhança de Deus

Para descrever a natureza da imagem alguém pode imediatamente afirmar o princípio de que qualquer interpretação que identifique a imagem com algumas características não encontradas em Deus deve ser incorreta. Por exemplo, a imagem não pode ser o corpo do homem. Se alguém diz que a posição ereta do corpo humano, em contraste com os animais quadrúpedes e os répteis, é a imagem, a resposta não é meramente que os pássaros têm duas pernas, mas… Continue a ler »A Imagem e Semelhança de Deus