All Posts By

John Piper

ÉticaVida Cristã

Imagine Jesus Jogando na Loteria

Brincando com o suicídio da alma  Você pode imaginar Jesus jogando na loteria? O que aconteceria na alma de Jesus, quando Ele lesse: “Ganhe vinte e cinco mil reais agora — e dois milhões, depois... Jogue em qualquer lugar, ganhe em qualquer tempo... Para pessoas que não podem esperar para ficar ricas”? Pelo que Jesus realmente espera? O que podemos querer na vida? A loteria é reveladora de muitos motivos ocultos. A loteria é outra oportunidade de transpassar sua alma com muitas aflições. É uma oportunidade de levar seus filhos à ruína. Está sendo promovida além de nossas piores expectativas. Os seus efeitos são e serão terrivelmente destrutivos na vida moral de nossa sociedade. Eis algumas razões por que exorto você a resistir à tentação de jogar na loteria. Estabeleça em sua família a regra de não jogar. Diga não a seus filhos e ensine-os por quê. 1. A Bíblia nos ensina a não querermos ser ricos. Ora, os que querem ficar ricos caem em tentação, e cilada, e em muitas concupiscências insensatas e perniciosas, as quais afogam os homens na ruína e perdição. Porque o amor do dinheiro é raiz de todos os males; e alguns, nessa cobiça, se…
12 de setembro de 2012
Casamento e FamíliaVida Cristã

1 Coríntios 7 e Divórcio

Douglas Wilson, numa postagem recente intitulada “Paulo sobre divórcio e novo casamento”, diz que 1 Coríntios 7.8 permite que um homem divorciado se case novamente. Não penso que seja isso que Paulo esteja dizendo. 1 Coríntios 7.27-28 diz: “Estás casado? Não procures separar-te. Estás livre de mulher? Não procures casamento. Mas, se te casares, com isto não pecas; e também, se a virgem se casar, por isso não peca”. A questão é se “livre de mulher” no versículo 27 significa divorciado, ou se significa ainda não casado. Se significa “divorciado de uma mulher”, então ele está dizendo: “se tal pessoa divorciada se casar de novo, com isto não pecas”. O melhor argumento em favor da leitura do versículo 27 dessa forma é que por detrás do português “livre de mulher” está o grego lelusai, que é a voz passiva de luō (“eu desligo”), de forma que lelusai significa algo como “desligado de uma mulher”, isto é, “divorciado”. Penso ser improvável que Paulo esteja dizendo aos divorciados que eles tenham permissão para casar de novo. Antes, ele está provavelmente dizendo que virgens desposadas — homens e mulheres — deveriam considerar seriamente a vida de solteiro, mas saber que não pecavam caso…
15 de agosto de 2012
Teologia

Uma Breve Teologia do Sono

5 horas da manhã. Na manhã de domingo o mundo não é escuro, mas também não há cor. Tudo é preto, branco e cinza, exceto a luz laranja na garagem do outro lado da rua, que brilha através da janela do meu quarto. Não há brisa, e as folhas de álamo são capturadas como uma fotografia em silêncio. As estrelas se foram, mas o sol não surgiu de todo; por isso, você não pode dizer se o céu está nublado ou claro. Muito em breve saberemos. Sento na beira da minha cama tentando desenvolver uma teologia do sono. Por que Deus nos projetou de tal forma que tivéssemos necessidade de sono? Dormimos durante um terço das nossas vidas. Apenas pense nisso: gastamos um terço das nossas vidas como mortos. Basta pensar em tudo o que está sendo deixado de lado, mas que poderia ser feito, se Deus não tivesse nos projetado para precisar de sono. Certamente não há dúvida que ele poderia ter nos criado com nenhuma necessidade de sono. E apenas pense: todos poderiam se devotar a duas carreiras, e não sentir-se cansado. Todo mundo poderia ser um “obreiro cristão em tempo integral” e ainda manter o seu trabalho.…
17 de julho de 2012
Teologia

O Futuro da Justificação

Segue abaixo a introdução do excelente livro de John Piper sobre justificação, publicado no Brasil pela Editora Tempo de Colheita. Recomendo fortemente que o leitor adquira e devore este livro, cujo título é O Futuro da Justificação: Uma Resposta a N. T. Wright. Agradeço ao Filipe Leitão, editor da Tempo de Colheita, por enviar e permitir a postagem dessa introdução.
23 de fevereiro de 2012
Vida Cristã

Bebendo Suco de Laranja para a Glória de Deus

Quando me perguntam: “A Doutrina de Depravação Total é bíblica?”, minha resposta é: “Sim”. Uma das coisas que pretendo dizer com esta resposta é que todas as nossas ações (sem a graça salvadora) são moralmente maculadas. Em outras palavras, tudo o que o incrédulo faz é pecaminoso e, portanto, inaceitável a Deus. Uma de minhas razões para crer nisto encontra-se em 1 Coríntios 10.31: “Quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus”. É pecado desobedecermos este mandamento das Escrituras? Sim. Por isso, chego a esta triste conclusão: é pecado alguém comer, ou beber, ou fazer qualquer outra coisa, se não for para a glória de Deus. Em outras palavras, o pecado não é apenas uma lista de coisas prejudiciais (matar, roubar, etc.). Pecamos quando deixamos Deus fora de consideração nas realizações triviais de nossa vida. Pecado é qualquer coisa que fazemos, que não seja feito para a glória de Deus. É pecado alguém comer, ou beber, ou fazer qualquer outra coisa, se não for para a glória de Deus. Mas, o que os incrédulos fazem para a glória de Deus? Nada. Conseqüentemente, tudo o que eles fazem é pecaminoso. É isso que…
23 de janeiro de 2012
TeologiaVida Cristã

Não Desperdice Seu Câncer

16 de Fevereiro de 2006   Estou escrevendo estas palavras na véspera da cirurgia do câncer na minha próstata. Creio no poder de Deus para curar — por meio de um milagre e da medicina. Sei que é certo e bom orar pelos dois tipos de cura. O câncer não é desperdiçado ao ser curado por Deus. Ele recebe a glória — e isto porque o câncer existe. Então, não orar pela cura pode desperdiçar seu câncer. Mas a cura não é o plano de Deus para todos. E existem muitas outras formas de desperdiçar seu câncer. Estou orando por mim e por você, para que não desperdicemos esta dor .   1. Você desperdiçará seu câncer caso não creia que isto foi planejado por Deus. Não diga que Deus apenas usa nosso câncer, mas que não o planeja. O que Deus permite, ele o faz por uma razão. E está razão é sua vontade. Se Deus prevê desenvolvimentos moleculares tornando-se cancerígenos , ele pode deter isto ou não. Se não, ele tem um propósito. Por ser infinitamente sábio, é correto chamar este propósito de plano. Satanás é real e causa muitos prazeres e dores. Mas ele não é a…
26 de dezembro de 2011
IgrejaTeologia

Vede como ouvis!

02 de março de 1998 Dez preparações práticas para ouvir a Palavra de Deus na manhã de domingo 1. Ore para que Deus te dê um coração bom e honesto. O coração que precisamos é uma obra de Deus. É por isso que oramos por ele. Ezequiel 36.26, “E dar-vos-ei um coração novo”. Jeremias 24.7, “E dar-lhes-ei coração para que me conheçam”. Oremos, “ó Senhor, dá-me um coração voltado para ti. Dá-me um coração bom e honesto. Dá-me um coração compassivo e receptivo. Dá-me um coração manso e humilde. Dá-me um coração frutífero. 2. Medite na Palavra de Deus. Salmo 34.8, “Provai, e vede que o SENHOR é bom”. No sábado à noite, leia algumas porções deliciosas de sua Bíblia, a fim de atiçar a sua fome por Deus. Esse é o aperitivo para a refeição da manhã de domingo. 3. Purifique a sua mente afastando-se do entretenimento mundano. Tiago 1.21, “Por isso, rejeitando toda a imundícia e superfluidade de malícia, recebei com mansidão a palavra em vós enxertada, a qual pode salvar as vossas almas”. Espanta-me quantos cristãos assistem aos mesmos programas de TV banais, vazios, bobos, excitantes, triviais, insinuantes e imodestos que os incrédulos assistem. Isso nos torna…
26 de dezembro de 2011
Teologia

Um Calvinista Compartilha o Evangelho

Eis aqui uma conversa entre um incrédulo e um evangelista que acredita na doutrina da expiação definitiva (algumas vezes desafortunadamente chamada de “expiação limitada”) — o ensino bíblico que quando Jesus morreu, o propósito inalterável de Deus foi cancelar os pecados e a sentença de morte de todos os que ele deu ao Filho (João 6.39). Incrédulo: Então, o que você está me oferecendo? Evangelista: Salvação da ira de Deus e dos seus pecados. Vida eterna! Incrédulo: Como? Evangelista: Quando Jesus, o Filho de Deus, morreu, ele absorveu a ira de Deus, removeu-a, e assumiu a culpa do pecado por todos aqueles que confiam nele. Incrédulo: Ele fez isso por mim? Evangelista: Se você for tê-lo — recebê-lo — terás tudo o que ele é e tudo o que ele fez. Se você confiar nele, sim, ele fez isso por você. Incrédulo: Então você não sabe se ele fez isso por mim? Evangelista: Ele está se oferecendo agora a você gratuitamente. Ele está oferecendo a você uma obra de redenção maravilhosa e consumada — tudo o que ele fez ao absorver a ira de Deus e cancelar os pecados. Tudo isso é seu para ter agora mesmo. Se você não…
11 de março de 2011