All Posts By

Santo Agostinho

ApologéticaCosmovisões

Propriedades das duas Cidades ― a Terrestre e a Celeste

  Dois amores fizeram as duas cidades: o amor de si até ao desprezo de Deus ― a terrestre; o amor de Deus até ao desprezo de si ― a celeste. Aquela glorifica-se em si própria ― esta no Senhor; aquela solicita dos homens a glória ― a maior glória desta consiste em ter Deus como testemunha da sua consciência; aquela na sua glória levanta a cabeça ― esta diz ao seu Deus:             Tu és minha glória, tu levantas a minha cabeça; aquela nos seus príncipes ou nações que subjuga, e dominada pela paixão de dominar ― nesta servem mutuamente na caridade: os chefes dirigindo, os súbditos obedecendo; aquela ama a sua própria força nos seus potentados ― esta diz ao seu Deus:             Amar-te-ei, Senhor, minha fortaleza; por isso, naquela, os sábios vivem como ao homem apraz ao procurarem os bens do corpo, ou da alma, ou dos dois: e os que puderam conhecer a Deus não o glorificaram como Deus, nem lhe prestaram graças, mas perderam-se nos seus vãos pensamentos e obscureceram o seu coração insensato. Gabaram-se de serem sábios, (isto é, exaltando-se na sua sabedoria sob o império do orgulho) tornaram-se loucos ― e substituíram a…
15 de março de 2013
Teologia

Somente Cristo Justifica

Pois assim como por uma só ofensa veio o juízo sobre todos os homens para condenação, assim também por um só ato de justiça veio a graça sobre todos os homens para justificação de vida” (Rm 5.18). Essa “uma só ofensa”, se somos tendentes à “imitação”, pode ser apenas a ofensa do diabo. Visto que, contudo, isso é manifestamente falado em referência a Adão, e não ao diabo, segue-se que não temos nenhuma outra alternativa, senão entender que o princípio da propagação natural, e não aquele da imitação, está aqui implícito.
5 de janeiro de 2012