Vida Cristã

12 de setembro de 2012
 

Imagine Jesus Jogando na Loteria

Mais artigos de »
Escrito por: John Piper
Tags:

Brincando com o suicídio da alma



Você pode imaginar Jesus jogando na loteria? O que aconteceria na alma de Jesus, quando Ele lesse: “Ganhe vinte e cinco mil reais agora — e dois milhões, depois… Jogue em qualquer lugar, ganhe em qualquer tempo… Para pessoas que não podem esperar para ficar ricas”?

Pelo que Jesus realmente espera? O que podemos querer na vida? A loteria é reveladora de muitos motivos ocultos.

A loteria é outra oportunidade de transpassar sua alma com muitas aflições. É uma oportunidade de levar seus filhos à ruína. Está sendo promovida além de nossas piores expectativas. Os seus efeitos são e serão terrivelmente destrutivos na vida moral de nossa sociedade. Eis algumas razões por que exorto você a resistir à tentação de jogar na loteria. Estabeleça em sua família a regra de não jogar. Diga não a seus filhos e ensine-os por quê.

1. A Bíblia nos ensina a não querermos ser ricos.

Ora, os que querem ficar ricos caem em tentação, e cilada, e em muitas concupiscências insensatas e perniciosas, as quais afogam os homens na ruína e perdição. Porque o amor do dinheiro é raiz de todos os males; e alguns, nessa cobiça, se desviaram da fé e a si mesmos se atormentaram com muitas dores. 1Timóteo 6.9-10

O desejo de ser rico é suicida. O coração que arde por dinheiro não está buscando a Deus. Tal coração é a raiz de todos os males. A passagem diz também que devemos seguir “a justiça, a piedade, a fé, o amor” (v. 11). Jesus disse: “Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu [de Deus] reino” (Mt 6.33). Nossa busca na vida não é a de ficarmos ricos — nem rápida, nem lentamente. Nossa paixão na vida é sermos puros, santos, amáveis e consagrados à obra de Cristo. Jogar na loteria não é motivado por uma “fome e sede de justiça” (Mt 5.6). É norteado por um amor ao mundo; e é mortal porque o mundo e tudo o que nele há passarão (1 Jo 2.17).

Acautele-se:

Onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração. Mateus 6.21

2. É errado apostar com o dinheiro que nos foi confiado.

Bons mordomos não administram dessa maneira o dinheiro de seu Senhor. Os administradores fiéis não jogam com um dinheiro que lhes foi confiado. Eles não têm direito de fazer isso. Tudo o que temos é patrimônio de Deus confiado a nós, a fim de usarmos para a glória dEle (1 Co 4.7; 6.19-20). Como glorificamos a Deus, ao jogarmos com o dinheiro dEle?

Mordomos fiéis não se envolvem em jogos de azar. Trabalham e negociam: valor por valor, justo por justo. Este é o padrão repetido freqüentemente nas Escrituras. Salário e benefícios são proporcionais ao trabalho realizado. Quando estamos administrando o dinheiro de outra pessoa, quão mais irresponsável é jogarmos com esse dinheiro!

3. É errado aprovar e apoiar uma instituição que está determinada a confirmar as pessoas em suas fraquezas e a cultivar nos outros a cobiça que permaneceria latente, se não houvesse esse instrumento para despertá-la. A loteria fisgará mais facilmente aquelas pessoas que precisam do oposto, ou seja, encorajamento e orientação concernente a serem prudentes e responsáveis no uso do dinheiro.

Conseqüentemente, pela honra de nosso tesouro no céu, pelo bem de nossa sociedade e pela segurança e saúde de sua própria alma, exorto-o a não jogar na loteria.

 

Fonte: Uma Vida Voltada para Deus, John Piper, Editora Fiel, p. 134-136.



Sobre o Autor

John Piper
John Piper
John Piper é o pastor de pregação da Bethlehem Baptist Church em Minneapolis, Minnesota.Ele cresceu em Greenville, South Carolina, e estudou no Wheaton College, onde ele sentiu, pela primeira vez o chamado de Deus para o ministério pastoral. Ele continuou seus estudos se formando no Fuller Theological Seminary (B.D.) e na Universidade de Munique (D.theol.). Por seis anos serviu como professor de estudos bíblicos no Bethel College em St. Paul, Minnesota, e em 1980 aceitou o chamado para servir como Pastor na Igreja Bethlehem. John Piper é o autor de mais de 30 livros e os seus mais de 25 anos de ensino está disponível gratuitamente no site desiringGod.org. John e sua esposa, Noel, têm quarto filhos, uma filha, e um número crescente de netos.



 
 

 

Cura e a soberania de Deus

Quando cristãos se referem à soberania de Deus no contexto de milagres de cura, em geral é para explicar o por quê curas raramente ou mesmo nunca acontecem — para eles.
por Vincent Cheung
 

 
 

No princípio Deus

“No princípio Deus”. As três primeiras palavras da Bíblia são mais que uma introdução à história da criação ou ao livro de Gênesis. Elas fornecem a chave que abre a nossa compreensão da Bíblia como um todo, rev...
por John Stott
 

 
 

Beleza imperecível

Há algum tempo um leitor deste site perguntou se eu poderia responder a uma preocupação de sua vida. Ele estava cortejando uma moça e começando a pensar em casamento, mas de repente descobriu que não se sentia mais atra...
por Tim Challies
 

 

 

Deus usa os bostas!

Perdão pelo título desse artigo, mas poderíamos negar essa afirmação? Deus usa os bostas, caro leitor! Pensemos nos primórdios do cristianismo. Como se deu o seu avanço? Era um movimento obscuro, marginal, com ninguém i...
por Felipe Sabino
 

 
 

Luz do Mundo

O uso do termo luz na Escritura é muito rico. O termo é usado para descrever o próprio Deus e enfatizar a sua santidade e justiça. “Deus é luz, e não há nele treva nenhuma” (1 João 1.5). O Senhor é o “Pai das luz...
por Brian Schwertley
 

 
 

Sexo, Namoro e Relacionamentos

Ontem à noite, minha esposa e eu nos sentamos e fizemos uma contagem aproximada do número de casais que conhecemos e passaram pelo namoro e noivado. É um bom número de amigos, familiares e membros da nossa igreja. Então pe...
por Tim Challies