Ministério da Igreja

8 de janeiro de 2012
 

O Pastor e seus Deveres

Mais artigos de »
Escrito por: R. J. Rushdoony
Tags:
pastor-deveres-rush

O

pastorado mudou consideravelmente durante o meu tempo de vida, tanto para melhor como para pior. Uma área de melhoria é a pregação. Admitindo-se que ainda há muita pregação superficial e mais vento do que alimento, um segmento crescente do clero está mais dedicado ao estudo e à pregação sólida. O sermão bobo, superficial e embaraçosamente barato ainda pode ser ouvido, mas está perdendo terreno para a pregação bíblica sólida. Precisamos mais da abordagem dos pais da igreja, que percorriam livros inteiros da Bíblia semana após semana, e que davam à igreja um conhecimento muito sadio das Escrituras.

Uma área de declínio tem sido a visitação pastoral, as visitas regulares às famílias e aos reclusos. Alguns pastores não fazem quase nenhuma visitação. Concordamos que essa é uma obra que consome tempo, mas é necessária. Numa igreja, eu tive uma solução feliz: mulheres idosas que visitavam com excelência, e um velho e mui maravilhoso ex-presbítero escocês e sua esposa, que visitavam fielmente e me informavam sobre qualquer pessoa ou família que precisava da minha atenção.

Claramente, se todo o trabalho for deixado ao pastor, ele ficará sobrecarregado e por vezes levado a uma aposentadoria pré-matura. As igrejas precisam reexaminar os deveres dos pastores e ver como o trabalho pode ser melhor realizado.

Um dos ganhos da participação dos outros em tais tarefas é a influência disso sobre as pessoas que veem os membros ativamente envolvidos na obra da igreja.

A congregação deveria ser encorajada a orar pelo pastor e pelos ajudantes voluntários. A igreja deveria fornecer a todos algum treinamento, certamente começando com os professores da escola dominical.

Em certa igreja, tivemos resultados excelentes com testes mensais escritos para todos os estudantes da escola dominical. Deixamos claro que não estávamos simplesmente sendo babás de crianças!

Creio que o pastor deveria ser aliviado da maior parte dos deveres administrativos. Em algumas igrejas novas, ele é o secretário, o tesoureiro, o zelador e o jardineiro! Pouco tempo é deixado para os seus deveres principais. É tempo de repensar algumas dessas coisas.

 

Fonte: Faith for All of Life, outubro de 1997.

Tradução: Felipe Sabino de Araújo Neto – 06 de janeiro de 2011.



Sobre o Autor

R. J. Rushdoony
R. J. Rushdoony
O Rev. R.J. Rushdoony  (1916-2001), importante teólogo e filósofo calvinista, foi o fundador da Chalcedon Foundation. Ele era especialista no assunto Igreja/Estado e escreveu inúmeras obras sobre a aplicação da lei bíblica à sociedade.



 
 

 
marca_dagua_banners2

Política e púlpito: o que Deus requer?

Lançamento da Editora Monergismo.
por Felipe Sabino
 

 
 
marca_dagua_banners

Bavinck em kindle.

O teólogo holandês Herman Bavinck (1854-1921) foi um dos maiores teólogos reformados dos últimos séculos. A Editora Monergismo acaba de lançar uma das suas mais importantes obras, ao lado da sua dogmática: A filosofia ...
por Felipe Sabino
 

 
 
marca_dagua_banners

Introdução à filosofia e apologética cristãs

Está disponível para kindle uma das melhores introduções à filosofia e apologética cristãs. O autor é um dos mais fiéis seguidores do pressuposicionalismo clarkiano: Carl F. H. Henry. Compre agora:  
por Felipe Sabino
 

 

 
logo-r1

O pequeno segredo sujo dos endossos

Umas duas semanas atrás Carl Trueman postou uma resenha de um novo livro do G. R. Evans. Trueman tinha lido The Roots of the Reformation: Tradition, Emergence and Rupture na esperança de que poderia usá-lo como texto para su...
por Tim Challies
 

 
 
logo-r1

Cristo cumpriu os dez mandamentos

Adão quebrou os dez mandamentos no Éden. Mas Cristo guardou os dez mandamentos no “deserto”, sob circunstâncias muito mais intensas do que aquelas às quais Adão foi submetido. Guardou o primeiro mandamento. Ele trouxe ...
por Mark Jones
 

 
 
marca_dagua_banners_a

Adão quebrou os dez mandamentos no Éden

  Quais mandamentos Adão quebrou no Jardim quando ele e sua esposa comeram da árvore que Deus ordenou não comessem (Gn 2.16-17; 3.6)? Creio que ele quebrou cada um dos dez mandamentos, e não apenas um ou dois mandament...
por Mark Jones